quinta-feira, 30 de abril de 2009

Shopping Iguatemi ...


O Shopping Center Iguatemi já foi bem mais interessante. Pelo menos no estacionamento!
Um Aero 63, uma vemaguete Pracinha, o onipresente VW e as alegres Rural em duas cores!

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Políticos (&) antigos ...8

"Governar é abrir estradas"... e andar por elas de Lincoln!

Esse Lincoln é 1922 e foi comprado pelo Governo Federal, junto a outro "fechado".

Nessa foto de 1928 está Washington Luís, presidente do Brasil entre em 1928. O último "café".

Que paradeiro terá tido o carro?

terça-feira, 28 de abril de 2009

Fusca e Aero Willys ...




guilhermedicin@hotmail.com

Delaunay-Belleville passeando na Tijuca ...

Alguém hoje em dia possui o costume de tirar fotos ao lado do seu carro?

Pra nossa sorte, alguns abastados brasileiros faziam isso.

Aqui ao lado um Delaunay-belleville na européia capital dos Estados Unidos do Brasil. Rio de Janeiro.

-Antes que o leitor se impressione com os meus conhecimentos antigomobilísticos, devo informar que na verdade, o diagnóstico da marca veio de João Pedro Gazineu.
Foto retocada por Paulo Sallorenzo.

Primeira década do século XX?

Que fim terá tido essa obra de arte?

sábado, 25 de abril de 2009

Aventura em Interlagos ...

A bela sequência de fotos tem um bom respaldo narrativo, contado com desenvoltura e riqueza de detalhes.
As fotos foram enviadas por Alfredo Prandato Jr. via intermédio do Lindeberg Menezes Jr. A narrativa gira em torno do bólido de corrida com o seu Pai, mas vêm também duas fotos, uma com um Chevrolet 1941 e outra com um Chevrolet 1940 (última). Assim, junto ao outro post também gerado pelo Prandato (Praia Grande ) formamos uma tríade, com os Chevy 39-40-41. Essas fotos -inéditas!- foram gentilmente restauradas pelo fotógrafo Paulo Sallorenzo.
Prandato, as suas fotos são belíssimas, a história é ótima! Meus parabéns e muito obrigado por essa oportunidade.
Fica aqui a nossa homenagem ao seu Pai, que dedicou muito da sua vida aos automóveis que hoje cultuamos.
Mais abaixo, a transcrição da história contada pelo Prandato:
"Agora uma longa história.
No inicio de 1949, (eu tinha alguns meses de vida) meus pais moravam no bairro de Vila Prudente. Lá também moravam dois irmãos portugueses que tinham muito dinheiro e que na época eram verdadeiros play-boys. Gostavam de velocidade e por isso importaram da Itália um carros de corrida, na época o equivalente hoje a um formula 1. Eu só não me lembro agora se era um Masserati ou um Alfa Romeo. O carro não era novo e quando chegou em São Paulo todo desmontado e em condições mecânicas bem precárias, meu pai mecânico e amigos dos irmãos portuguêses, foi contratado para fazer a restauração e montagem do veículo. Meu pai teve um trabalho danado para colocar o veículo em condições de corrida. O mais incrível da historia vem agora. Um dos irmãos se inscreveu para uma corrida que seria realizada no autódromo de Interlagos no mesmo ano de 1949. Nessa época a região onde foi construída essa pista era o verdadeiro fim do mundo. Para chegar até lá existia uma “auto-estrada” construída por iniciativa particular e é claro para usá-la era necessário pagar pedágio.
No dia da corrida onde iriam participar pilotos experientes e famosos, dentre eles segundo me contou meu pai, estava o nosso famoso corredor Chico Landi. Sabe o que aconteceu horas antes da largada da corrida, com o português que iria participar da prova com o carro que ele tinha importado e do qual meu pai restaurou? O morruga afinou, ficou com medo. Meu pai ficou inconformado, depois de tanto trabalho, ele não queria que todo esforço e dedicação fossem por água abaixo. Ele então com seus 37 anos e como bom mecânico e motorista que era, achou que poderia também ser piloto. Coragem ele tinha, só que deveria lembrar que era casado, tinha uma filha com 9 anos de idade e eu com poucos meses de idade. Ele trabalhava como mecânico, mas como empregado e dependia do emprego para sustentar a família. Adivinha o que aconteceu. Ele na última hora se inscreveu para correr, parece que foi com outro nome ou quem sabe lá como conseguiu. Só sei que ele alinhou para a partida.
Segundo ele me contou, depois de algumas voltas ele tomou uma fechada na curva do pinheirinho (temos que lembrar que o traçado de Interlagos era maior do que o de hoje e a pista com um asfalto muito precário, cheio de buracos e sem acostamento ou guard-rail), saiu da pista e capotou. Foi de ambulância para o Hospital das Clínicas onde foi constatado depois de um Raio X que ele tinha fraturado a clavícula. Foi então colocado um colete de gesso. E agora, como chegar em casa e encarar a “patroa”, ela de nada sabia. Ou melhor, só sabia que ele iria para Interlagos no dia da corrida trabalhar como mecânico do “morruga” . Como iria explicar que não poderia trabalhar por pelo menos 3 meses, isso mesmo, 3 meses. O dono da oficina mecânica não iria querer saber. Ou trabalhava ou não recebia. Eles nem registravam os empregados, então não teria como receber auxilio doença do então INSS, se é que isso existia naquela época.
Minha mãe que já costurava em casa para ajudar o sustento da família teve de trabalhar dobrado para pagar as contas no fim do mês, a sorte é que naquela época existia a famosa caderneta, popularmente chamada na época de “cardeneta” nos armazéns de Secos e Molhados, padarias e açougues. Era só comprar, o vendedor anotava tudo e o pagamento feito no dia combinado, tudo na base da confiança. Hoje isso seria impossível. No fim, ele pelo menos se sentiu realizado, viu o carro que ele restaurou correr em Interlagos e o mais importante, foi também um piloto de corridas mesmo que por poucos momentos é claro, mas que ele nunca se esqueceu durante toda a sua vida. Esse prazer eu nunca vou ter, o máximo que consegui foi dar uma volta de bicicleta no atual circuito e tendo de subir a ladeira que antecede a reta de chegada empurrando a “magrela”, de tão cansado que eu estava.
Na seqüência, as fotos todas tirada no Autódromo de Interlagos, hoje chamado José Carlos Pace:
1- Meu pai sentado no “bólido”.
2- Junto ao “bólido” os dois irmãos “morrugas” proprietários do veículo.
3- O carro cercado de curiosos acredito eu, momentos antes da largada.
4- Um dos irmãos junto ao seu carro de passeio.5- Meu pai do lado esquerdo e do outro um dos irmãos. "

"...homenagem a meu pai que faleceu em 1987 aos 75 anos e que tenho certeza ficara de onde estiver, muito contente.
Abraços,
Alfredo Prandato Jr."
guilhermedicin@hotmail.com

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Ford Del Rey ...


Mais uma publicidade de época da Ford no início dos anos 80.
A foto é muito bonita, o Del Rey também.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Postinho antigo em Itajubá-MG ...

Os postos de gasolina são um dos muitos ambientes que cercam os automóveis, inclusive os antigos.
E, assim como é interessante observar as transformações dos carros no decorrer das décadas, faz-se necessário também conhecer as transformações em todo o seu contexto. Sob esse aspecto, parece-me faltar holofote aos postos de gasolina, o que particularmente, muito me agrada. Convenhamos, não é possível colecioná-los nem mesmo construir réplicas dos mais diferentes modelos das mais diferentes épocas, mas aqui ao lado sobrevive heróicamente um modeloarquitetônico dos anos 40 e 50 e que infelizmente não sobreviverá frente a nova legislação vigente. Uma pena. Eu penso que esse prédio deveria ser tombado como patrimônio histórico, mas dificilmente o será. Fica aqui o registro.
Itajubá, sul de Minas Gerais.
guilhermedicin@hotmail.com

terça-feira, 21 de abril de 2009

Chevette ...


É a primeira vez que o Chevette aparece por aqui.
Essa foto deve ser novidade pra todos, ela mostra um chevettinho tubarão ainda na linha de produção GM.

Kombi 00001 ...

Cadê a Kombi número 01?

Eu já havia me feito essa pergunta várias vezes, e talvez você também.

-Esse automóvel histórico, que deu início à produção de carros pela VW no Brasil em 02 de setembro de 1957.
O primeiro exemplar do automóvel que passou a fazer parte da paisagem brasileira, que foi membro da grande maioria das famílias e que está imortalizado nessa foto ao lado. Cadê?

Aqui abaixo está a resposta do paradeiro da importantíssima unidade número Um.

É um artigo publicado na revista interna da Vw do Brasil em agosto de 1966 e, sendo que esta revista era distribuída para os funcionários da empresa.

Leitura indispensável a todos os antigomobilistas! (!!!)

A matéria abaixo foi gentilmente enviada por Dario Faria.
A foto acima foi gentilmente surrupiada de uma matéria sobre a Kombi publicada no site http://www.reumatismocarclub.com.br/ pelo Tio Lin.

guilhermedicin@hotmail.com

Águas de Lindóia 2009 ...

Graham-Paige, De Soto e Buick.
Abaixo, Chevrolet Bel Air 1950.
Simca Emi-Sul 1967.
Abaixo, réplica do Ford GT40.

Águas de Lindoia, 2009.

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Estabelecimento Ford ...


Fotografia de grande beleza:
Estabelecimento Ford de Guido Cé. Automóveis e caminhões.
Tudo nessa foto é belo. A arquitetura do prédio, a placa "FORD", os letreiros, a placa "Atlantic", o Sr. posando para a foto.
Também o caminhão Ford 1946, carregando uma frente, possível matéria prima de uma perua em madeira.

domingo, 19 de abril de 2009

Simca Jangada 1963 ...


-Mais um ótimo exemplar representando o mais belo automóvel nacional.
-A Simca, na versão "perua" Simca Jangada!
A Jangada foi apresentada no Salão para 1963 e detém o título de primeira perua de luxo e quatro portas fabricada no Brasil.

Decoração na Karmann-Ghia do Brasil ...


A instigante decoração, nada mais é que carrocerias de Karmann-Ghia conversível, Karmann-Ghia TC (com teto solar!), SP-2 e, um Escort XR-3 conversível. Na ordem da esquerda para a direita.

Essas carrocerias nunca usadas, ficavam penduradas na parede da fábrica Karmann-Ghia do Brasil, em São Bernardo do Campo -SP, decorando a oficina de ferramentaria.

Sabe-se que não estão mais lá.

O Karmann-Ghia conversível, trazia o número de 178 e é sabido que produziu-se até o 177, sendo essa então a última unidade. Conta-se a história de que foi vendida e montada completamente descaracterizada.

Foto e informações: Dario Faria.

guilhermedicin@hotmail.com

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Chevrolet 1939 em Praia Grande-SP ...

Estas fotos foram enviadas por Alfredo Prandato Junior ao amigo Lindeberg Menezes Jr., que por sua vez, me repassou para que pudessemos saboreá-las aqui.-As fotos mostram um Chevrolet 1939 na Praia Grande-SP, baixada santista.
Não consigo imaginar como pode ter chegado à essa circunstância, mas o interessante é que se fez o registro, e aí está, muitas décadas depois.
Na foto acima está Alfredo Prandato (o pai do Jr.) com macacão de mecânico.
-Essa foto foi revitalizada por Paulo Sallorenzo.
-Prandato & Lin, muito obrigado!
guilhermedicin@hotmail.com

quarta-feira, 15 de abril de 2009

TV Tupi ...


Está aqui a foto de um furgão Ford 1955, construído especialmente para externas de tv.
Esse da foto, pertenceu à TV Tupi-RJ.
Nele puxavam um moto gerador que alimentava o equipamento e em cima havia uma plataforma para as pesadas câmeras da época.
A foto e essas informações foram enviadas pelo prestativo amigo Paulo Sallorenzo (http://www.sallorenzo.com.br/ ), fotógrafo profissional de larga experiência, que fez essas fotos por ocasião da troca de proprietário do furgão, indo ele para uma produtora de vídeo, depois de estar parado por vários anos.
-Esse auto é histórico, será que por uma grande sorte ele sobreviveu ao tempo e está preservado por aí?

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Charada ...



Foto enviada pelo amigo Tio Lin, acompanhada dos sempre astutos comentários.

"...me lembrei de te mandar esta que achei no livro de 50 anos da Toyota no Brasil. Embora não datada, várias pistas levam a crer que foi tirada em 1958:

- Faixa com os dizeres "Festival da Moda 1958" sobre a tenda que protege um sedã DKW, novidade naquele ano;

- Barraca anunciando a venda de ingressos para a III Mil Milhas Brasileiras. Pesquisei: tal corrida foi realizada em Interlagos em 22 de novembro de 1958;

- Sobre o relógio do Mappin, velinhas de 45 anos. Pesquisei: no Brasil, a loja de departamentos foi fundada em 29 de novembro de 1913. Portanto, 1913 + 45 = 1958.
Bem, aparecem muitas maravilnhas de quatro rodas. Mas conto com a audiência de seu blog para sanar uma dúvida cruel: que diabos faz aquele avião ali, em frente o Teatro Municipal???Segundo informações de um expert, meu amigo Alfredo Prandato, é um avião de caça da Força Aérea Brasileira, um Gloster Meteor F-8, fabricado na Inglaterra, foi o nosso primeiro caça a jato, que veio substituir os antigos P-47 usados na segunda guerra mundial que ainda tinha hélices.

Resta saber o que fazia o dito cujo por ali. E como chegou lá?Um grande abraço.
Tio Lin"

Quem arrisca?
Muito obigado Tio Lin, a foto é muito bonita!
guilhermedicin@hotmail.com

domingo, 12 de abril de 2009

Cegonhas com Corcel e Mercedes ...

Eu adoro fotos de caminhões cegonha!
A primeira leva os Corcel em 1973.
A segunda leva caminhões Mercedes-Benz mostrando também um grande aproveitamento de espaço! E lá atrás vai outra carregada com os Chevette!
guilhermedicin@hotmail.com

sábado, 11 de abril de 2009

Bomba Cadillac ...

Estas bombas de gasolina "Esso" pertenceram a um posto de gasolina na cidade de Pedralva, sul de Minas Gerais.
Saíram de atividade lá pelos anos sessenta e desde então, estão guardadas.
Imaginem tudo o que ela viu, quantos carros devem ter se abastecido nela.
Fotos de hoje. Acima, Sr. Fábio Faria, que convive com elas desde os anos quarenta.
Ele é quem contou que esse modelo era conhecido como "bomba Cadillac".
Faz sentido, vejam o emblema "V".
guilhermedicin@hotmail.com

sexta-feira, 10 de abril de 2009

Jeep Willys 1951 ...



Um simpático jipinho 1951 posando ao lado de seu proprietário já nos ano sessenta.

A foto pertence ao José Carlos Farina e foi registrada na cidade de Rolândia -PR.


Fuscão ...



Anos 70.

quinta-feira, 9 de abril de 2009

DKW-Vemag ...


Foto da concessionária "brasdiesel", no Rio Grande do Sul.
-A peculiaridade da demonstração começa pelo Candango, andando sobre três rodas!!
-Seguido por dois DKW-Vemag, mais duas Vemaguete... zerinhos!
-Mais outro Candango ao fim.
-No terceiro post logo abaixo, vimos um Scania que tem emblema "DKW-Vemag", que, como esclarecido, eram produzidos também pela Vemag.
Na foto, vai um alí.
A foto é belíssima, aposto ser de 1962(será?).
Devo agradecer o Du, que é o famoso irmão do Décio (irmaododecio.blogspot.com/) por ter nos enviado essa bela imagem.

Auto Posto Avião em Porto Alegre ...


Uma construção bastante inusitada no centro de Porto Alegre -RS: um posto de gasolina em formato de um avião! Muitíssimo interessante... mas já não existe mais.

Os automóveis, na fileira de baixo: Chevrolet 1952, Ford 1949, Vw Sedan (alemão), Hudson, outro Fusca, Crosley e Buick conversível.

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Scania João de barro ...

Aqui, o caminhão Scania Vabis L75.
Esse modelo começou a ser produzido no Brasil em 1958. Antes, a representação Scania e Studebaker era da Vemag, que depois passou a produzir o DKW.
Esse cavalo-mecânico, de 1962, traz o emblema "DKW-Vemag". Não sei porquê. Será que os primeiros caminhões Scania foram produzidos pela Vemag também?

O apelido dessas cabines eram "joão de barro", certamente pela cor mais do que características.
Outro apelido é "jacaré".

Ainda é possível ver muitos desses modelos trabalhando, mas esse das fotos é da primeira safra (por isso muito raro) e a cabine é muito diferente, embora n'uma primeira olhada pareça idêntico.
Esse Scania das fotos é restaurado, padrão de placa preta. E ainda, traz o símbolo da Scania nas portas. -Imaginem chegar no próximo "Águas de Lindóia" com ele puxando uma cegonha cheia de carros nacionais da época, como se estivessem recém saídos de São Bernardo do Campo!!guilhermedicin@hotmail.com

segunda-feira, 6 de abril de 2009

Candango ...


Cidade de Catilho-SP.
O "jipe" Vemag: Candango.

Alfa Romeo 308 : Carlos Pintacuda ...


Alfa Romeo tipo 308 , no VI grande prêmio da cidade do Rio de Janeiro em 12 de Junho de 1938.
GP vencido por Carlos Pintacuda.

domingo, 5 de abril de 2009

Simca Tufão na praia ...

Simca Chambord Tufão 1966!
Fotos do mais belo nacional dos anos sessenta, mostrando sua recém restauração em um lindo cenário litorâneo!
As fotos foram enviadas pelo seu proprietário Carlos Goicocheia.

Essas fotos ficaram tão bonitas que parecem até foto de revista da época!
guilhermedicin@hotmail.com

sábado, 4 de abril de 2009

Fiatzinho 147 ...

Primeira fornada dos primeiros Fiat brasileiros, os 147!

Fotos internas da fábrica feitas em 1976 por Rogério Machado, indicadas pelo Nik Ramos (carrosantigos.wordpress.com).
Vendo-os assim, zerinhos, são umas gracinhas, não?

guilhermedicin@hotmail.com