quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Citroen 11L Traction Avant ...

Dois Citroen 11L saíam em passeio a partir de uma rua do Leblon, no Rio de Janeiro, até o Recreio dos Bandeirantes, há 60 anos, em fevereiro de 1952.
Abaixo, completando o nível do óleo para enfrentar o passeio com a família.
Fotos enviadas pelo Claude Fondeville, o menino que aguardava junto ao Citroen do pai a partida para o inesquecível passeio.
Alguém identifica o ano de fabricação dos Citroen através do detalhes?

A Citroen deve ter tido um importador/distribuidor/revendedor bastante forte no Brasil, pois eram carros até bem populares entre o nosso trânsito.
guilhermedicin@hotmail.com

12 comentários:

  1. A Citroen teve um representante no Rio de Janeiro
    na Rua Bambina nº 37 em Botafogo.
    O predio abriga hoje a Guarda Municipal do RJ.

    Sergio Poppe

    ResponderExcluir
  2. Acredito que seja dos anos 50, porque nassa época eu tinha 10 anos de idade, e ficava muito curioso porque a alavanca de câmbio era no painel.

    ResponderExcluir
  3. Flávio, "anos 50" não nos resolve nada... as fotos são de 1952. O curioso é que os dois Citroen possuem detalhes diferentes, como a diferença das entradas de ar no capô e as rodas...

    ResponderExcluir
  4. Gui,
    apenas detalhes : tenho este auto como um 11L ou "Légere " .
    O ano .....até perto de 1950 os encostos tinham alças metálicas para o pessoal que vinha no banco traseiro poder se segurar . Depois de 1950 esse detalhe ( perigoso em caso de colisão )desapareceu .Isso não se vê na foto .
    Interessantes os sobrearos , não de norma nos 11L, mas bem familiar aos meus olhos em modelos anteriores ou no 15 Six ( ou talvez populares na Europa ) . Nunca os vi ao vivo , mas em fotos .
    Faltam as garras verticais de proteção dos parachoques e , ampliando a foto , aparece um volume escuro contra o Ford coupe ao fundo : não identifiquei essa parte da foto ( não é o bagageiro aberto nem a mala saliente do 1953 ).
    Abraço...Tato

    ResponderExcluir
  5. Ainda ,
    as portinholas laterais eram dos pré-guerra , caso da segunda foto : os pós guerra vinham com "venezianas" verticais como na primeira foto , muito interessante para pegar "gafes" nos filmes de enredo na segunda guerra mundial.
    Maaais um abraço....Tato

    ResponderExcluir
  6. O exemplar com motor aberto tem portinholas no capô e rodas "Pilote", portanto foi fabricado entre 38 e 46. Perdeu o "chevron", aquele enfeite cromado característico da marca e que lembrava a origem da fortuna de André Citroën. O carro deve ter sido trazido por um francês (Fondeville, sandálias de solado de borracha). O outro modelo tem venezianas e faróis pintados, logo é pós-46; deve estar com a mala aberta mas sem o pneu. Curiosamente usa tambem rodas "Pilote" (acessório pós-venda?). AGB

    ResponderExcluir
  7. Meu pai, Michel Fondeville, que está aí na foto foi um dos diretores da Automoveis Citroën Ltda, na Rua Bambina n° 37 . O local encerrou as suas atividades no inicio dos anos 70, passando para uma revenda GM e depois para a Guarda Municipal que está lá até hoje como menciona o Sergio Poppe aqui acima. O Citroën que não possui os frisos na grade é dele , estva reformando o carro. Estou procurando mais fotos deste carro.

    ResponderExcluir
  8. Claude, não brinca!! Coincidência das coincidências!! Eita mundinho!

    Grande abraço,

    ResponderExcluir
  9. O tenente Bandeira era um apreciador de Citröens...

    ResponderExcluir
  10. O Traction Avant era encontrado em razoável quantidade (quase todos na cor preta) no Rio de Janeiro dos anos 60. O meu pai teve um desses, creio que por pouco tempo, e tenho uma remota lembrança de nos ter deixado na mão umas duas vezes. Estive lá na Bambina e creio que foi na derradeira vez. Do Citroen o meu pai passou para o DKW que rodou 4 felizes anos e deixou boas saudades.

    A importação de carros europeus era facilitada pelas montadoras e pelos governos daqueles países. Se o nosso país não tivesse implantado uma produção local certamente iríamos receber ainda mais veículos europeus.

    ResponderExcluir
  11. Citroën com estas rodas e capot com portinholas é anterior a 1939. De 1940 a 1945 não houve fabricação destes carros. O da foto no alto, pelas rodas, parece que teve seu capot trocado (sim, era mais fácil trocar o capot que as rodas).

    ResponderExcluir